DEUS reside em todos os Homens mas nem todos os Homens estão nele por isso eles sofrem. Tem gente que já conhece o caminho mas continua perdido... E quando tudo desmoronar, sabe quem vai estar ao teu lado ? ... DEUS ! DEUS é o unico que nunca vai te abandonar! DEUS permite situaçoês em nossas vidas para mudar a nossa história. O que somos é presente de DEUS ,no que nos transformamos é o nosso presente a ele.

Se 1 minuto ão lado de DEUS você ja é feliz, imagina a eternidade.DEUS...MEU AMOR MAIOR!

Os três primeiros lugares do meu coração pertencem ao Pai ao Filho e ao Espírito Santo. Por quem um dia me apaixonei e passarei a eternidade! DEUS...Quanto mais eu te procuro mais eu te encontro quanto mais eu te encontro mais eu te amo! Tem dias que DEUS caminha do meu lado,eu sei.Tem outros que ele me pega no colo... eu sinto!

.

.
Nâo desperdicie sua vida...Viva para a glória de DEUS...

Quer mudança de vida?Deixe-se conduzir pelo Espírito santo de DEUS...

O santo silêncio nos permite ouvir mais claramente a voz de DEUS.O segredo da paz é entregar toda ansiedade a DEUS . As vezes DEUS precisa te levar ao deserto para recomeçar uma história em sua vida ! Deus me ensinou que silêncio, também é resposta !Com DEUS ate o fim,mesmo sem entender! A FÉ te levará á lugares que você jamais sonhou.

.''Seja humilde, pois, até o sol com toda sua grandeza se põe e deixa a lua brilhar.'' Só o AMOR é capaz de derreter o terrível gelo da indiferença.

.

.

Essa carinha de pidão é para lhe mostrar o quanto eu gosto de você.Sejam bem-vindos. Um ótimo desfrute. Desfrute O Máximo!!! Fé Pensamentos e reflexões.

Quem sou eu

Minha foto
Barra Bonita, sp, Brazil
Observador/ Romãntico/ Apaixonado/ Apaixonar-se por DEUS é o maior dos romances;Procurá-lo a maior aventura;encontrá-lo a maior de todas as realizações. Filho amado de Deus, sou apaixonado por Cristo. Sou luz de DEUS no Mundo.Você pode dizer que sou um sonhador Mas eu não sou o único. Eu espero que algum dia você junte-se a nós E o mundo viverá como um só.

Translate

Arquivo do blog

domingo, 25 de janeiro de 2015

A Carroça Com Abóboras




imagesB2YYY6CX

Um homem dirigia uma carroça cheia de abóboras. A cada solavanco da carroça, ele olhava para trás e via que as abóboras estavam desarrumadas. Então ele parava, descia e colocava-as novamente no lugar. Mal reiniciava sua viagem, lá vinha outro solavanco e… tudo se desarrumava de novo. Então ele começou a ficar desanimado e pensou:
 – Jamais vou conseguir terminar minha viagem! É impossível dirigir nesta estrada de terra, conservando as abóboras arrumadas!
 Quando estava assim pensando, passou à sua frente outra carroça cheia de abóboras, e ele observou que o homem seguia em frente e nem olhava para trás: as abóboras que estavam desarrumadas organizavam-se sozinhas no próximo solavanco.
 Foi quando ele compreendeu que, se colocasse a carroça em movimento na direção do local onde queria chegar, os próprios solavancos da carroça fariam com que as abóboras se acomodassem em seus devidos lugares.

Construindo Sua Vida




imagesNT5I2LPY

Cada pensamento seu constrói seu caráter. Da mesma forma que os tijolos são colocados um sobre o outro para construir uma casa, assim são seus pensamentos a cada momento.
A pessoa que você se torna, as coisas que você conquista, a alegria e a realização que você sente, tudo isso depende dos pensamentos que você usa para construir a sua vida.
Você pode usar cada pensamento e cada momento para tornar-se mais forte. Nenhuma conquista de real valor surge do nada. Precisa ser construída.
Você tem o poder de construir a vida que realmente deseja. E esse poder surge em momentos que você vive, nas escolhas que você faz, nas atitudes que você toma.
Neste exato momento, você está construindo sua vida. Neste exato momento, você está fazendo a diferença no rumo que a sua vida tomará.
Este é um momento especial que pode mudar seu futuro. Você está aproveitando o momento ao máximo?

A Importância das Cicatrizes



untitled

Quando decidimos agir, alguns excessos acontecem. Diz um velho ditado culinário: ?para fazer um omelete é preciso quebrar o ovo?.
Quando decidimos agir, é natural que surjam conflitos inesperados. É natural que surjam feridas no decorrer destes conflitos. As feridas passam: permanecem apenas as cicatrizes.
Isto é uma benção. Estas cicatrizes ficam conosco o resto da vida, e vão nos ajudar muito. Se em algum momento por comodismo ou qualquer outra razão ? a vontade de voltar ao passado for grande, basta olhar para elas.
As cicatrizes vão nos mostrar a marca das algemas, vão nos lembrar os horrores da prisão e continuaremos caminhando para frente.

Amor Próprio




imagesI3A3RWFI

Viver de luto é se matar dia após dia, não há nada que faça sofrer mais do que viver morrendo e só levanta desses traumas quem é extremamente forte e tem muita fé.
Limpar a face, dar um passo novo com perseverança e confiança é a alternativa mais rápida de encontrar sucesso, em sentido geral.
A vida sempre segue, temos que dar as mão para ela em busca da felicidade, sofrer também é escolha, algumas vezes nos prendemos a certos receios por pura falta do tão falado “amor próprio”.
Florescer não é fácil, mas é recompensador.
Vitor Ávila

Aprendi!




untitled

Aprendi que você não pode fazer alguém amar você. Tudo o que você pode é ser alguém que possa ser amado.
Aprendi que levam anos para construir a confiança, mas apenas segundos para destruí-la.
Aprendi que o importante não é o que acontece com as pessoas. É o que elas fazem em relação a isso.
Aprendi que você pode fazer algo em um pequeno instante, que lhe trará uma grande dor no coração para o resto de sua vida. 
Aprendi que você pode continuar indo longe, mesmo quando você acha que já não pode mais. 
Aprendido que ou você controla a sua atitude ou ela controla você. 
Aprendido que heróis são as pessoas que fazem o que tem que ser feito, quando precisa ser feito, independente das conseqüências.

Não Corra!




untitled

Às vezes deixamos de prestar atenção no que está nos acontecendo, nas pessoas que estão cruzando nosso caminho, no que estamos falando, no que estamos sentindo. Na correria do dia a dia, perdemos o mais importante, que é viver, respirar, sentir e conhecer o agora, tanto que até o nome é PRESENTE.
Tudo acontece muito rápido e quando você se dá conta, cadê a VIDA? Ela se foi e quando isso acontece percebemos que perdemos o melhor da viagem, que é o caminho.
É tão fácil perder de vista o que é importante! 
Quando você corre tão depressa, para chegar a algum lugar, você perde metade da satisfação de chegar lá.
Quando você se preocupa e se apressa em seu dia todo, é como se fosse um presente que não foi aberto… um presente jogado fora!
A vida não é uma corrida… … Leve-a mais devagar… …

Muito Mais Que Conselhos




untitled

Certo dia um garoto indeciso sobre seu futuro procurou um mestre.
 O mestre o recebeu, então o garoto que perguntou: Mestre o que devo fazer para ter sucesso na minha vida?
O mestre virou-se para o garoto e disse: Desça e suba a montanha 3 vezes, então o garoto o fez, subiu a primeira e a segunda vez, porém na terceira já nos primeiros 50 metros de subida não aguentava mais. Persistiu, no meio da montanha sentia suas pernas doendo e quase caindo continuou subindo a montanha.
Quando chegou no mosteiro estava muito suado, ofegante e exausto. Ligeiramente perguntou ao mestre. E agora mestre? Fiz o que o Sr. disse e continuo sem saber o que fazer. O mestre virou-se novamente para o garoto e disse:
Para chegar ao sucesso precisa se mais do que conselhos, precisa se de persistência e determinação e isso você já tem.

A Crise




images

Era uma vez um homem que vivia à beira de uma estrada, onde vendia cachorro-quente. Ele não ouvia bem, por isso não tinha rádio. Tinha problemas de visão, por isso não lia jornais.
Mas ele vendia cachorro-quente.
Colocava cartazes na estrada, fazendo propaganda da qualidade de seu produto. Ficava na beira da estrada e oferecia o seu produto em alta voz, e o povo comprava.
Lentamente foi aumentando as vendas e cada vez mais aumentava a compra de salsicha e de pão. Comprou um fogão industrial para melhor atender os fregueses. O negócio prosperava: o homem conseguiu até mesmo enviar seu filho para estudar na capital.
Certo dia, o filho, já formado, retornou para cuidar do pai e viu que as coisas não mudavam naquele lugar. Em casa, chegou logo dizendo ao pai: Você não ouve rádio! Nem lê jornais! Há uma crise no mundo. A situação na Europa é terrível e a do Brasil ainda pior. Tudo está indo para o vinagre.
O pai logo pôs-se a refletir: “Meu filho estudou, lê jornais, ouve rádio e só pode estar com a razão.” Então resolveu reduzir as compras de salsicha e de pão. Tirou os cartazes de propaganda e já não anunciava tão alto seu cachorro-quente, abatido que estava pela notícia da crise.
As vendas foram caindo, caindo, caindo…
Então o pai finalmente disse ao filho:
- Você estava certo, meu filho. Nós certamente estamos vivendo uma grande crise.

Ecologia Humana




imagesHQ6T2G45

Mude o clima de pessimismo de sua vida …
Preserve o ambiente de esperança de seus sonhos …
Proteja o Homem: trabalhador, honesto, sincero, corajoso, sério …
Não desperdice o seu tempo com desejos maldosos …
Recicle os seus hábitos e virtudes ruins …
Despolua o coração e a mente dos maus sentimentos …
Plante a semente do Bem …
Não use ?agrotóxico? …
Defenda a Verdade e a Justiça sempre …
Salve da extinção o Amor …

O Urso e as Abelhas




untitled

Um Urso procurava por entre as árvores, pequenos frutos silvestres para sua refeição matinal, quando deu de cara com uma árvore caída, dentro da qual, um enxame de abelhas guardava seu precioso favo de mel.
O Urso, com bastante cuidado, começou a farejar em volta do tronco tentando descobrir se as abelhas estavam em casa.
Nesse exato momento, uma das abelhas estava voltando do campo, onde fora coletar néctar das flores, para levar à colmeia, e deu de cara com o matreiro e curioso visitante.
Receosa do que pretendia o Urso fazer em seguida, ela voou até ele, deu-lhe uma ferroada e desapareceu no oco da árvore caída.
O Urso, tomado de dor pela ferroada, ficou furioso, e incontrolável, pulou em cima do tronco com unhas e dentes, disposto a destruir o ninho das abelhas. Mas, isso apenas o fez provocar uma reação de toda colmeia.
Assim, ao pobre Urso, só restou fugir o mais depressa que pode em direção a um pequeno lago, onde, depois de nele mergulhar e permanecer imerso, finalmente se pôs à salvo.
Moral da História:
É mais sábio suportar uma simples provocação em silêncio, que despertar a fúria incontrolável de um inimigo mais poderoso.

O Quê você Pode ou Não Pode!




untitled

Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.
Você pode assumir sua individualidade, ou reprimir seus talentos, tentando ser o que os outros gostariam que você fosse..
Você pode continuar escravo da preguiça, ou comprometer-se com você mesmo e tomar atitudes necessárias para concretizar o seu Plano de Vida.
Você pode aprender o que ainda não sabe, ou fingir que já sabe tudo e não precisa aprender nada mais.
Você pode ser feliz com a vida como ela é, ou passar todo o seu tempo se lamentando pelo que ela não é.
A escolha é sua. E o importante, é que você sempre tem escolha. Pondere bastante ao se decidir, pois é você que vai carregar – sozinho e sempre – o peso das escolhas que fizer.

Saber Sair de Cena





untitled

Uma das coisas que precisamos aprender é a hora de saber sair de cena, deixar o palco, mudar de assunto.
Saber o momento exato de fazer com que os holofotes fiquem sobre os outros e não sobre você.
No mundo competitivo em que vivemos, a sua presença “marcante” pode marcar demais. A sua ideia “brilhante” pode brilhar demais.
A forma “inovadora” de pensar pode inovar demais. E nem sempre as pessoas estão dispostas a deixar você brilhar impunemente.
É hora de sair de cena. Nem que seja por um tempo. É preciso fazer os outros pensarem que você desistiu.
É preciso dar a chance das pessoas acharem que você não quer mais estar no palco. Mas saber sair de cena é uma arte tão importante quanto saber entrar em cena.
Quando as pessoas sentem-se ameaçadas por você e começam a ter respostas agressivas desproporcionais, talvez seja a hora de sair de cena.
Quando você, sem ter desejado ou planejado, começa a aparecer muito na sua área de atuação ou no seu setor de trabalho, talvez seja a hora de sair de cena por um tempo.
Você terá outras oportunidades. Você ganhará outras batalhas com menos estresse, com menores esforços. É preciso fazer um grande esforço de sabedoria para saber quando sair de cena. É preciso ter uma grande capacidade artística para saber como sair de cena.
Será que temos tido a sabedoria e a arte de sair de cena, deixar o palco, mudar de assunto, na hora certa, no momento exato?

Tesouro





imagesTSM4J2G8

Era uma vez um rico lavrador que tinha 3 filhos. Um dia, ele reuniu os rapazes e disse que na fazenda havia um grande tesouro enterrado, bem escondido… Aquele que mais trabalhasse e cavasse a terra haveria de encontrar uma enorme riqueza.
Os filhos, então, se puseram a trabalhar. Revolveram a terra palmo a palmo. Mexeram, cavaram, sem descanso e sem cansaço. E, quanto mais trabalhavam, a terra mais revolviam e fertilizavam o solo e tanto mais colheita conseguiam.
Foi então que os rapazes perceberam o que o velho pai queria lhes ensinar:
Não havia nenhuma arca de tesouro escondida naqueles campos. Havia o trabalho este sim o valor mais verdadeiro que pode transformar as pessoas e o mundo. O trabalhador transforma o mundo.
Essa fábula faz refletir que muitas pessoas esperam que a fortuna caia do céu. Não adianta fórmulas mágicas para descobrir que nada pode substituir o trabalho de todos os dias. Só assim vamos perceber que, às vezes, procuramos longe o que está perto de nós, ao nosso alcance. O único lugar que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

Redescobrir-se




imagesDU9HMDKH

Pense no quanto nos distanciamos de nós mesmos.
Vamos abrindo mão do que somos para agradar um e a outro e aos poucos vamos perdendo o contato com o nosso eu verdadeiro.
E o pior, muitas vezes tudo isso acontece sem que percebamos, e de repente mergulhamos em um poço profundo, e deixamos de enxergar o que se passa a nossa volta.
Deixamos a vida passar, sem darmos conta de que estamos parados, simplesmente parados e inertes.
Só não podemos esquecer de uma coisa fundamental: tudo o que acontece em nossas vidas é fruto da nossa permissão, portanto, não podemos culpar os outros por nossos fracassos, pela nossa inércia, pela ausência de nós mesmos.
É possível redescobrir-se? É possível vir à tona e enxergar novas possibilidades? … Sim! Só depende de vontade, do querer fazer.
O que quer que você possa fazer, ou sonha que o possa, faça-o.
A coragem contém em si mesma a força.
Vá a busca de seus objetivos sem medo. Traga à tona o que de mais verdadeiro você guarda dentro de si.
Olhe para frente com determinação, busque dentro de si a coragem necessária para enfrentar os obstáculos e siga em frente.
Acorde! Mude! Faça!
Nossa vida é o reflexo de nossas atitudes e ações.
Faça diferente para obter resultados diferentes, não se importe se será chamado de louco.

Ser Rico ou Ser Feliz?




imagesMO7LLSZY

Li em uma revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico.
Aprendi, por exemplo, que se tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos 40 anos, teria economizado 30 mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais. E assim por diante.
Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter feito muitas viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei.
Principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.
Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na minha conta bancária. É claro que não tenho este dinheiro.
Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer? Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse e tomar cafezinhos à vontade.
Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer. E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida.
“Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO”.

Tua Família





untitled

Percebe e entende que os melhores amigos
São aqueles que estão
Em casa esperando por ti
Acredita nos momentos mais difíceis da vida
Eles sempre estarão por perto
Pois só sabem te amar
E se por acaso a dor chegar
Ao teu lado vão estar
Pra te acolher e te amparar
Pois não há nada como um lar
Tua família volta pra ela
Tua família te ama e te espera
Para ao teu lado sempre estar
Tua família!
Às vezes muitas pedras
Surgem pelo caminho
Mas em casa alguém feliz
Te espera pra te amar
Não deixe que a fraqueza
Tire a tua visão
Que um desejo engane
O teu coração
Só Deus não é ilusão
E se por acaso a dor chegar
Ao teu lado vão estar
Pra te acolher e te amparar
Pois não há nada como um lar
Tua família volta pra ela
Tua família te ama e te espera
Para ao teu lado sempre estar
Tua família!

Perdão





untitled

Não há nada pior na vida da gente do que a mágoa, a ira e o ódio que sentimos quando alguém fere os nossos sentimentos, quando alguém julga a nossa conduta, quando alguém nos faz perder o chão por coisas insignificantes. Mas pior ainda é quando uma raiz de amargura cresce em nosso coração, pesa a nossa alma e nos entristece cada vez que lembramos das injúrias que sofremos.
Não se perdoa porque é bonito. O perdão nos liberta do que aprisiona e limita nossa felicidade, derrota o ódio, nos tira o peso da dor e abre espaço para que sentimentos bons nasçam em nossas vidas. Perdoe por você mesmo.

Reciclando o Lixo Emocional




imagesYWLEQ6JG
Existe um lixo emocional. Ele é produzido nas usinas de nosso pensamento, enquanto crescemos interiormente.
São emoções que passaram por nossa vida e nos ajudaram, mas que não têm mais utilidade.
São sentimentos que foram importantes no passado, não no presente. São recordações de dor que nos amadureceram e que
agora não servem para nada.
Não podemos carregar este lixo. Ele foi feito para ser jogado fora. E, no entanto, apegados aos nossos sentimentos antigos, ficamos com pena de deixá-los.
Enchemos nosso porão espiritual com uma quantidade imensa de
memórias inúteis, que ofuscam as lembranças importantes.
Não procure sentir coisas que você não está sentindo mais. Não procure ser como você era.
Você está mudando. Permita que seus sentimentos o acompanhem.

Regras de Boas convivências




imagesHT1QK40O

Seja alegre e comunicativo. Um ?bom dia?, um ?alô? custam pouco e rendem muito.
Seja simples e modesto. Se você possui qualidades ?notáveis?, cedo ou tarde os outros notarão isso, como também descobrirão suas imperfeições.
Não economize sorriso: de todas as moedas circulantes no comércio da vida, o sorriso é a que compra maior porção de alegria pelo menor preço.
Por falar nisso, não compre briga porque sai caro.
Interesse-se pelos outros. Só assim os outros acharão você interessante.
Seja um bom conversador deixando que os outros falem mais.
Seja otimista. Quem vê tudo na existência pelo lado sombrio do derrotismo raramente cruza com amigos na rua porque a maioria deles dobra a esquina para escapar do encontro.
Faça aos outros, em lugar de críticas, quantos elogios puder fazer honestamente. As pessoas de um modo geral adoram ouvi-los e quando os recusam talvez no fundo esperem ser elogiados por isso.
Com os inimigos, declarados ou gratuitos, mantenha a sobriedade do cavalheirismo. Não fale mal por trás nem perca uma oportunidade de reconciliação, dando o primeiro passo, pois nada lhe garante que no dia seguinte um deles não seja a única pessoa capaz de ?salvar a sua vida?.
Compreenda que as pessoas que pensam diferente estão sinceramente convencidas de que o errado é você.

Cobiça





untitled

Era uma vez um cão, que ia atravessando um rio. levava na boca um suculento pedaço de carne.
Porém, viu na água do rio a sombra da carne, que era muito maior.
Prontamente ele largou seu pedaço de carne e mergulhou no rio para pegar o maior.
Nadou, nadou e não achou nada, e ainda perdeu o pedaço que levava.
Moral da história: Nunca deixes o certo pelo duvidoso. De todas as fraquezas humanas a cobiça é a mais comum, e é, todavia a mais castigada.

Dependa de DEUS




untitled

Você não pode alterar seu passado, mas as páginas do seu futuro estão completamente brancas.
A felicidade tão sonhada vai chegar, apesar dos momentos de desânimo.
Todavia, a transformação não é tarefa sua, embora você tome parte no processo.
Sua responsabilidade é descobrir a vontade de Deus e obedecê-la. Reconheça-o como o idealizador, condutor e protetor da sua vida; Ele é o edificador por excelência e lhe dará esperança e coragem.
Dependa de Deus para que este desenvolvimento saudável e dinâmico aconteça.

Liberdade





imagesV08OK3WJ

A busca da liberdade sempre foi uma constante na história da raça humana.
Ela compõe o conjunto dos elementos que habitualmente se imagina sejam necessários ao bem-estar das criaturas.
Parece de pouca serventia possuir alguns bens, da espécie que sejam, sem a liberdade de desfrutá-los.
Para ser livre, muitas vezes o ser humano trilha caminhos tortuosos.
O vocábulo costuma referir-se antes à perda da vergonha e do pudor, à deserção de compromissos assumidos.
Ser livre, nesse contexto, possui o estranho significado de vivência desequilibrada da sexualidade, do cultivo de vícios que podem destruir a saúde física, mental e emocional.
Ocorre que afrontar a sociedade, sem qualquer finalidade superior, não possui o condão de libertar ninguém.
Chafurdar em vícios e desatinos também está longe de ser conduta libertadora. Em um mundo massificado, é compreensível as pessoas desejarem distinguir-se de algum modo.
Contudo, há maneiras muito mais nobres de conseguir isso do que pela adoção de comportamentos exóticos e chocantes, mas estéreis.
Por exemplo, a prática das virtudes cristãs, como a caridade, a humildade e a pureza, é sempre um fator de distinção.
Por mais que seja dúbio o significado da expressão ‘liberdade’, ela com certeza não se identifica com a adoção de hábitos que conduzem à doença e à desarmonia.
Jesus afirmou que o conhecimento da verdade nos libertaria. De fato, uma compreensão mais aprofundada das leis da vida, ao despir o homem de suas ilusões, livra-o da mesquinhez, do egoísmo e do orgulho.
Como esses vícios são os que tornam mais penosa à convivência na Terra, sua ausência implicaria em imediato acréscimo de bem-estar para todos.
Tendo em vista que a árvore se identifica pelos seus frutos, a liberdade sob esse prisma é algo muito desejável.
Assim, ao buscar sua liberação, reflita sobre o que ela significa.
Não confunda liberdade com libertinagem, nem felicidade com deserção do dever. No convívio familiar ou social, é impossível ser totalmente livre.
Os seus direitos terminam onde começam os direitos do seu próximo.
A completa libertação possível é a das paixões, dos instintos inferiores, que tanto infelicitam a humanidade.
Ao traçar as metas de sua vida, busque antes libertar-se da dor e do desequilíbrio.
Para tal, um padrão de conduta reto e equilibrado, marcado pelo bom-senso, sempre será o melhor roteiro.

Questão de Ética




untitled

Ele estava passando suas compras pelo caixa do supermercado.
A caixa de leite era pesada, então ele perguntou:
- É necessário que eu retire a caixa de leite do carrinho?
- Não, não é necessário, eu sei o código!
Então, ele terminou de colocar suas compras no caixa e passou o carrinho. Pagou, e se dirigiu ao carro. Colocou suas compras no porta malas, e como de hábito, pegou o ticket do caixa e conferiu para ver se estava tudo certo. Mas qual não foi a sua surpresa ao constatar que a caixa de leite não havia sido registrada. A moça se esqueceu.
Ele olhou para sua esposa e comentou:
- A moça do caixa esqueceu de registrar o leite…
- Poxa, que bom! Vamos embora antes que ela perceba…
- Isso não está certo! Provavelmente ela terá que pagar de seu bolso!
- Mas como vão saber que a caixa de leite passou justamente por aquela caixa!?
- Verdade, realmente não terão como saber… Mas… Ainda assim, isso não está correto!
- Ahhh, vamos embora!
Ele, sem dizer mais uma palavra, abriu a porta do carro e
voltou ao caixa…
A moça já estava atendendo outra pessoa, então ele disse:
- Moça, com licença… A senhora se esqueceu de passar a caixa de leite!
Ela o olhou como se estivesse olhando para um extraterrestre…
Pegou o ticket e conferiu…
- É, realmente me esqueci… Um minuto, por favor…
Terminou de passar as compras da pessoa que estava
atendendo e depois
olhou e disse:
- São R$ 43,20!
- Aqui está!
Pagou, e se dirigiu ao carro…
A caixa o acompanhou com os olhos até entrar em seu carro, que estava estacionado logo á frente.
Sua esposa também o olhou como se ele fosse um extraterrestre…
Mas ele, sem dizer uma palavra, ligou seu carro e partiu… Com R$ 43,20 a menos na carteira, mas com sua consciência tranquila, e com sensação de dever cumprido…

Equilíbrio




untitled

Havia um rei que ofereceu um grande prêmio ao artista que fosse capaz de captar numa pintura a paz perfeita. 
O rei observou e admirou duas de que ele realmente gostou e teve que escolher entre ambas.
A primeira era um lago muito tranquilo.
Este lago era um espelho perfeito onde se refletiam umas plácidas montanhas que o rodeavam. Sobre elas encontrava-se um céu muito azul com tênue nuvens brancas. Todos os que olharam para esta pintura pensaram que ela refletia a paz perfeita.
A segunda pintura também tinha montanhas.
Mas estas eram escabrosas e estavam despidas de vegetação. Sobre elas havia um céu tempestuoso do qual se precipitava um forte aguaceiro com faíscas e trovões. Montanha abaixo parecia retumbar uma espumosa torrente de água.
Tudo isto se revelava nada pacífico.
Mas, quando o rei observou mais atentamente, reparar que atrás da cascata havia um arbusto crescendo de uma fenda na rocha.
Neste arbusto encontrava-se um ninho. Ali, no meio do ruído da violenta camada de água, estava um passarinho placidamente sentado no seu ninho. Paz perfeita.
O rei escolheu a segunda. 
“Porque” explicou o rei?: “paz não significa estar num lugar sem ruídos, sem problemas, sem trabalho árduo ou sem dor.”
“Paz significa que, apesar de se estar no meio de tudo isso, permanecemos calmos no nosso coração.” “Este é o verdadeiro significado da paz!”

A Balança




untitled

Quando menino eu vivia brigando com Beto, meu melhor amigo Beto. Um dia, quando corri para casa e procurei mamãe para queixar-me. Ela me ouviu e disse o seguinte:
- Vai buscar a sua balança e os blocos.
- Mas, o que tem isso a ver com o Beto?
- Você verá? Vamos fazer uma brincadeira. Primeiro vamos colocar neste prato da balança um bloco para representar cada defeito do Beto. Conte-me quais são.
- Fui relacionando-os e certo número de blocos foi empilhado daquele lado.
- Você não tem nada mais a dizer? Eu não tinha e ela propôs: Então você vai, agora, enumerar as qualidades dele. Cada uma delas será um bloco no outro prato da balança. Ele não deixa você andar em sua bicicleta? Não reparte o seu doce com você? Ela foi colocando os blocos do outro lado. De repente eu percebi que a balança balançava. Mas vieram outros e outros blocos em favor do Beto.
Dei uma risada e mamãe observou:
Você gosta do Beto e ficou alegre por verificar que as suas boas qualidades ultrapassam os seus defeitos. Isso sempre acontece, conforme você mesmo vai verificar ao longo de sua vida.
Através dos anos aquele pequeno incidente de pesagem tem exercido importante influência sobre meus julgamentos. Antes de criticar uma pessoa, lembro-me daquela balança e comparo seus pontos bons com os maus.
E, felizmente, quase sempre há uma vantagem compensadora, o que fortalece em muito a minha confiança nas pessoas.

Vida Simples




untitled

Fui criado com princípios morais comuns: Quando eu era pequeno, mães, pais, professores, avós, tios, eram autoridades dignas de respeito e consideração.
Quanto mais próximos ou mais velhos, mais afeto.
Inimaginável responder de forma mal educada aos mais velhos, professores ou autoridades? 
Tínhamos medo apenas do escuro, dos filmes de terror?.
Hoje me deu uma tristeza infinita por tudo aquilo que perdemos
Direitos humanos para criminosos, deveres ilimitados para cidadãos honestos.
Não levar vantagem em tudo significa ser idiota.
Pagar dívidas em dia é ser tonto.?
Anistia para corruptos e sonegadores?.
O que aconteceu conosco?
Professores maltratados nas salas de aula, comerciantes ameaçados por traficantes, grades em nossas janelas e portas.
Que valores são esses?
Bens materiai que valem mais que abraços.
Uma tela gigante vale mais que uma boa conversa.
Mais vale parecer, do que ser?.
Quando foi que todos os verdadeirosvalores desapareceram ou se tornaram ridículos?
Queremos arrancar as grades d enossas janelas para podermos tocar as flores!
Queremos a honestidade como motivo de orgulho.
Queremos a vergonha na cara e a solidariedade, a retidão de caráter, a cara limpa e o olhar olho no olho, a esperança, a alegria, a confiança! 
Abaixo o ?TER?, viva o ?SER!?
E viva o retorno da verdadeira vida, simples como a chuva, limpa como um céu de primavera, leve como a brisa da manhã!
Quero ter de volta o mundo simples e comum.
Onde existam amor e solidariedade como bases.
Vamos voltar a ser ?gente.?
Construir um mundo melhor, mais justo, mais humano, onde as pessoas respeitem as pessoas.
?Nossos filhos merecem e nossos netos, certamente nos agradecerão!

Pessoas e Navios




images3FPG2M1M

A construção de um navio parece com a formação das pessoas.
Durante a gestação o casco é construído, até que somos lançados ao mar.
Um navio fica pronto quando sai do estaleiro, mas com a gente é diferente – e este é o desafio de cada um, pois crescemos todo dia e nunca ficamos prontos.
Não existe navio que não tenha passado por tempestades e muitos afundam por não saberem evitá-las, por falta de comunicação ou por acharem que não precisam dos outros.
Mas não existe tempestades que durem para sempre, assim como os dias de sol também não são permanentes.
Dor e frustrações muitas vezes são resultado de querermos perpetuar momentos de prazer, bem-estar, alegria, que por si só são efêmeros e com que facilidade esquecemos que nada é eterno – e que, por isso, momentos de alegria se alternam com momentos de tristeza, dor se alterna com prazer, fome com saciedade, um sempre dando lugar ao outro.
Quando a gente para de tentar lutar contra isso , descobrimos que, acima de tudo, a vida vale a pena ser vivida.

A Pena e o Camelo




untitled

Às vezes nos irritamos com reações exageradas de nosso próximo. Fazemos um pequeno comentário, uma brincadeira – e eis que a pessoa chora, ou se revolta.
Uma lenda do deserto conta a história de um homem que ia mudar-se de oásis, e começou a carregar seu camelo.
Colocou os tapetes, os utensílios de cozinha, os baús de roupas – e o camelo aguentava tudo. Quando ia saindo lembrou-se de uma linda pena azul que seu pai lhe tinha presenteado.
Resolveu pegá-la, e a colocou em cima do camelo. Neste momento, o animal arriou com o peso, e morreu.
?Meu camelo não aguentou o peso de uma pena?, deve ter pensado o homem. Às vezes pensamos o mesmo do nosso próximo – sem entender que nossa brincadeira pode ter sido a gota que transbordou a taça do sofrimento.

Para Tudo Há Um Tempo




untitled

Para tudo há um tempo em nossa vida… E a grande sabedoria é viver cada tempo com sua realidade, aceitando o que não pode ser mudado… Há um tempo de se sonhar, de acreditar no sonho e lutar por ele… Há um tempo de se desencantar porque o sonho não se realizou apesar da fé, apesar da esperança.
No tempo de desencantar é impossível não sofrer… Porque o sofrer assim como os sonhos são partes iguais na soma dos fatos que fazem nossa vida… E no tempo de sofrer vale assumir a dor, senti-la bem fundo sem medo de morrer por ela. Vale assim a dor porque ao contrário seria fugir à realidade… E fugir à realidade não ajuda vencer o tempo que nos faz sofrer…
Dentro da realidade do sofrer, a gente mergulha bem fundo sem contudo perder o contato com a esperança de poder sonhar de novo… O tempo de sofrer não pode sufocar em nosso coração aquela velha certeza de que Deus, sabendo das mágoas, inventou o tempo… O tempo que transforma e muda realidades, e faz da lágrima de hoje o riso de amanhã.
Por isto no tempo de sofrer, é preciso sabedoria de aceitar os fatos com a serenidade de quem já viveu outros tempos de dor, de mágoas e continuou vivendo com determinação e coragem. O tempo de sofrer é apenas um espaço onde se aprende a crescer, a vencer as próprias limitações e as próprias contingências.
Tempo de sofrer é apenas um espaço onde se conhece as próprias forças de criar novos sonhos, semear novas esperanças e cultivar a fé. Porque a vida é feita de muitos tempos que se sucedem em nossos dias…

Dê o Melhor de Sí



untitled

Recentemente fui servido por um garçom mal-educado. Sua linguagem corporal dizia mais ou menos o seguinte: ?quem mandou você vir a este restaurante??.
Ele demorou para me trazer um cappuccino e, quando chegou, metade estava no pires.
Conversando, eu lhe perguntei sobre seu trabalho e seu patrão.
E ele disse: “É claro que não quero trabalhar para esse cretino o resto da vida?.
Infelizmente o garçom esqueceu um aspecto importante da vida no local de trabalho: a gente não trabalha para o patrão, trabalha para si mesmo.
Quando você só dá 50 por cento do seu esforço, acaba sofrendo muito mais do que o patrão.
Este, quando muito, sai perdendo algum dinheiro.
Você perde o entusiasmo e a auto-estima, além de um bom pedaço da vida.
Algumas pessoas acreditam que há coisas ?boas? e coisas ?ruins? para fazer na vida. Não é assim.
Uma pessoa inteligente torna interessante sua vida e o seu trabalho…
Em poucas palavras: você dá o melhor de si não porque precisa impressionar as pessoas.
Dá o melhor porque é a única maneira de gostar de sua vida.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Acredite!




images6THUNFJ7

Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?
O mundo não acaba quando nos enganamos.
Ele muda, talvez, de direção, mas precisamos tirar partido dos nossos erros.
Por que tudo teria que ser correto, coerente e sem falhas?
As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela. 
O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso.
Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo.
Na vida, se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar.
E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos? 
Somos bem mais resistentes do que julgamos.
A própria vida nos ensina a sobreviver.
Nunca duvide do seu poder de sobrevivência!
Se você duvida, cai.

A Montanha e a Vida




images0H86HWMR

A vida de cada um de nós pode ser comparada à conquista de uma montanha. Assim como a vida, ela possui altos e baixos.
Para ser conquistada, deve merecer detalhada observação, a fim de que a chegada ao topo se dê com sucesso.
Todo alpinista sabe que deve ter equipamento apropriado. Quanto mais alta a montanha, maiores os cuidados e mais detalhados os preparativos.
No momento da escalada, o início parece ser fácil.
Quanto mais subimos, mais árduo vai se tornando o caminho.
O importante é perseguir o ideal: chegar ao topo.
À medida que subimos, o panorama que se descortina é maravilhoso. 
Pode acontecer que um pequeno descuido nos faça perder o equilíbrio e rolamos montanha abaixo. 
É aí que precisamos de um amigo para nos auxiliar. 
Estende-nos as mãos, puxa-nos e nos auxilia a recomeçar a escalada. 
Na longa jornada, os espaços acima vão sendo conquistados dia a dia.
Para a escalada da montanha da vida, é preciso aprender a subir e descer, cair e levantar, mas voltar sempre com a mesma coragem.
Não desistir nunca de uma nova felicidade, uma nova caminhada, uma nova paisagem, até chegar ao topo da montanha.

Seja Feliz




imagesIRFJAT9A
Você não precisa ser melhor em tudo.
A perfeição é uma coisa que não está ao nosso alcance, aliás, acho que nunca ninguém soube dizer o que é perfeição.
A humanidade é perita em criar conceitos inatingíveis, e não devemos nos iludir com eles.
Sim, o reconhecimento e admiração daqueles que nos cercam é sempre bom, mas não é tudo na vida.
Teu sorriso, sim, é importante.
Tua paz, tua felicidade, e ela não deve depender dos outros, mas apenas de você.
Costumo dizer que não devemos tentar fazer ninguém feliz, mas fazer felizes a nós mesmos e, desta forma, quem estiver conosco estará feliz também.
Não faça nada esperando o sorriso de ninguém. Faça apenas esperando o teu sorriso, e no final de tudo você poderá comemorar extraordinariamente, mesmo que você esteja só – mas é difícil se estar só quando se está bem consigo.
Portanto, construa tua felicidade. A felicidade atrai.


Augusto Branco

Ventos e Tempestades




imagesGGGD18HE

Um escritor inglês, do século passado, conta em uma de suas obras que na praia perto de sua casa, uma coisa muito interessante podia ser vista com frequência: um navio lançando a sua âncora no mar enfurecido.
Dificilmente existe uma coisa mais interessante ou sugestiva do que essa. O navio dança sobre as ondas. Parece estar sob o poder e à mercê delas. O vento e a água se combinam para fazer do navio o seu brinquedo. Parece que vai haver destruição. pois se o casco do navio for lançado sobre as rochas, será despedaçado.
Mas observamos que o navio mantém a sua posição. Embora à primeira vista parecesse um brinquedinho desamparado à mercê dos elementos, o navio não é vencido. Qual é o segredo da segurança deste navio?
Como pode resistir às forças da natureza com tanta tranquilidade? Existe segurança para o navio no meio da tempestade porque ele está ancorado! A corda à qual ele está amarrado não depende das águas, nem de qualquer outra coisa que flutue dentro delas.
Ela as atravessa e está fixada no fundo sólido do mar. Não importa quão forte o vento sopre ou quão altas sejam as ondas do mar… A sua segurança depende da âncora que está imóvel no fundo do oceano. Muitas vezes nos sentimos no meio de uma tormenta, sendo jogados pelas ondas da vida para cima e para baixo e açoitados pelo vento da adversidade.
Parece-nos, às vezes, que não conseguiremos sobreviver a determinados períodos de nossas vidas. Sem uma vida espiritual, a nossa vida é como um navio sacudido pelo mar enraivecido das circunstâncias incontroláveis da vida. Mas, confiando em Deus, experimentamos sua presença e amor como âncora da nossa vida.
Nos sentimos encorajados e esperançosos. Essa esperança mantém segura e firme a nossa vida, assim como a âncora mantém seguro o barco.

A Lição da Caveira




imagesPPWK3RJX

Um príncipe, orgulhoso de sua realeza, foi certo dia caçar em lugar montanhoso e afastado.
A certa altura de seu caminho, viu um velho eremita, sentado diante de sua gruta, e muito atento a considerar uma caveira que tinha nas mãos.
Indignado por não lhe ter o velho dado a menor atenção, nem sequer levantado os olhos para a luzida companhia de caçadores, o príncipe aproximou-se dele e disse-lhe, entre rude e zombeteiro:
- Levanta-te quando por ti passar o teu senhor! Que podes ver de tão interessante nessa pobre caveira, que chegas a te distrair da passagem de um príncipe de tantos poderosos fidalgos?
O sábio, erguendo para ele os olhos mansos, respondeu, em voz singularmente clara e sonora: – Perdoa senhor. Eu estava procurando descobrir se esta caveira tinha pertencido a um mendigo ou a um príncipe, mas não consigo distinguir de quem seja.
Nestes ossos nada há que me diga se a carne que os revestiu repousou em travesseiros de plumas ou nas pedras das estradas. Eu não saberia dizer se devia levantar-me ou conservar-me sentado diante daquele que em vida foi o dono deste crânio anônimo.
O príncipe, cabeça baixa, prosseguiu o seu caminho, mas a
caçada não teve, naquele dia, qualquer encanto para ele.
A lição da caveira abatera-lhe o orgulho.
Foi através das palavras do sábio que caiu a ficha e ele , o Sr. Príncipe, descobriu que não passava de um ser humano. Igual a todos os outros.

O Contrário do Amor




images4JJD2UB1

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.
O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.
Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo é pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.
Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bung-jump, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos. A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada.
Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.
Martha Medeiros

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Tempo



untitled

Com o tempo nós vemos realmente quem é quem… Seus amores, seus amigos, seus problemas… Aprendemos que muitas palavras são apenas palavras, muitos sorrisos não eram verdadeiros e muitas luzes na verdade eram a escuridão em disfarce.
Com o tempo, vemos virtudes indo ralo abaixo, vemos pessoas virando o que realmente são e não o que fingiam ser, máscaras caem, perfumes perdem a validade e com o tempo percebemos quem apenas fala e quem realmente age…… Com o tempo se cresce…!
E há quem diga que envelhecer não é bom… Já eu acho uma Dádiva, pois reflete a verdadeira imagem das pessoas, de suas atitudes e de suas palavras, de quem realmente são…
” O tempo é senhor da razão”

Quebra Cabeça




imagesV61EB4XD

Não passam as dores, também não passam as alegrias.
Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve pra montar o quebra-cabeça da nossa vida, um quebra-cabeça de cem mil peças.
Aquela noite que você não conseguiu parar de chorar, aquele dia que você ficou caminhando sem saber para onde ir, aquele beijo cinematográfico que você recebeu, aquela visita surpresa que ela lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, a demissão injusta, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos pouquinhos, formando quem você é.
Não há nenhuma peça que não se encaixe.
Todas são aproveitáveis.
Como são muitas, você pode esquecer de algumas, e a isso chamamos de “passou”.
Não passou.
Está lá dentro, meio perdida, mas quando você menos esperar, ela será necessária para você completar o jogo e se enxergar por inteiro.

Gratidão




imagesDE6KYOBH

A gratidão é um sentimento que traz junto dele uma série de outros sentimentos: amor, ternura, fidelidade, amizade. Aprenda a ver a vida de um ponto de vista positivo e pratique a gratidão. Pessoas que sabem perdoar e deixam o passado para trás, iniciam um processo de libertação. Mas é preciso se desfazer de coisas que remetem a situações tristes ou desconfortáveis e esquecer a mágoa para sentir-se realmente livre.
Compartilhar é outra atitude que faz bem e contribui para o sentimento de abundância. Pessoas que sentem carência devem fazer um esforço para conectar-se com outras pessoas. Então mantenha contato com quem é importante para sua vida. Faça visitas, marque encontros, telefone, escreva ou envie mensagens. Essas pessoas vão gostar de saber que são importantes para você. Faça a sua parte.
A virtude da generosidade pode estar em simples gestos, como a doação. Doe periodicamente: alimentos, dinheiro, sua atenção, seu tempo, para pessoas e causas em que acredita. Sempre há algo a fazer, ao seu alcance. Além disso, fazer o bem traz uma sensação de bem estar. E pessoas que ajudam outras voluntariamente, não importa o quanto esse trabalho exija, são mais felizes.

Somos Realmente Honestos?




imagesN7BF2611

Quando alguém nos pergunta se somos honestos, em princípio ficamos indignados, só em pensar que alguém duvide de que o somos.
No entanto, é importante que reflitamos um tanto mais a respeito da honestidade.
grande parte de nós nos dizemos honestos, mas será que verdadeiramente o somos?
Se estamos dirigindo um veículo, e, sem querer raspamos num outro que está estacionado, cujo dono não está por perto.
Qual é a nossa atitude? Damos no pé, ou deixamos um bilhete com o telefone para posterior contato?
Enfrentamos com honestidade a longa fila dos bancos, teatros, repartições, etc., ou sempre ficamos procurando um conhecido ou um jeito qualquer de passar à frente dos que chegaram antes que nós?
Se vamos a um espetáculo qualquer, costumamos marcar os lugares com bolsas, carteiras, ou outros objetos, para que nossos amigos que cheguem em cima da hora possam ocupar os melhores lugares, em detrimento dos que se esforçam e chegam cedo?
Se trabalhamos no setor de compras de uma empresa, procuramos realmente os melhores preços e condições de pagamento, pensando exclusivamente no melhor para a nossa empresa, ou compramos onde nos ofereçam mais vantagens pessoais?
Ouvimos várias vezes o jargão popular afirmar que ?todo homem tem um preço?.
No entanto para a honestidade não há preço, não há barganha, não há corrupção, nem corruptores.
A dignidade de um ser humano honesto não tem preço, pois seu valor é inestimável.
Dessa forma, poderíamos alterar o jargão popular e dizer: todo homem desonesto tem um preço, porque a dignidade jamais se corrompe.
Se ainda não conquistamos a virtude da honestidade como deve ser, lutemos por conquistá-la, a fim de podermos olhar no espelho e não nos envergonharmos da figura ali refletida.
Olhar nos próprios olhos e nada ter que censurar.

Uma Pessoa Realmente Especial




imagesYNHVMAH8

Existe alguém muito especial que está querendo lhe encontrar.
Por mais que ela anseie esse encontro você tem estado muito ocupado com: trabalho, amigos e outras coisas do dia-a-dia para puder notá-la… tem tido pouco tempo. Saiba que muita coisa na vida não é tão importante quanto imaginamos, e que pressa demais não vai lhe dar um minuto sequer a mais de vida.
Pare um pouco! Pense! Descobrirá a pessoa que mais precisa do seu perdão, com quem mais necessita compartilhar seus problemas. Fardos compartilhados sempre se tornam mais fáceis de carregar. Se está cego de paixão a ponto de perder o amor próprio: feche os olhos!
As vezes de olhos fechados vemos muito mais longe. Talvez aí se enxergue. É. é de você de quem estou falando! Ninguém, nem nada no mundo vai lhe completar enquanto você não for suficiente para você mesmo. Enquanto não se conhecer. Não digo conhecer de aparência, pois como diz o clichê “as aparências enganam”, mas se conhecer de verdade.
Se encontrar é algo processual e requer contínua investigação. Nesse sentido, é preciso ter muito cuidado. A opinião dos outros e mesmo a nossa são pistas mais nunca a essência do que somos. Essa, na verdade nunca descobriremos.

Desapontado




untitled

Já foi dito que a descoberta nada mais é do que o encontro de um acidente com uma mente preparada. (Albert Szent-Gyorgy)
No momento preciso em que você julgou que seus problemas haviam desaparecido, e as coisas passaram a navegar a seu favor, algo aconteceu, e a trajetória foi subitamente mudada numa direção contrária.
No mesmo dia em que você estava se sentindo tão feliz, pronto para prosseguir vitorioso em sua jornada, recebe de súbito aquela notícia nada agradável.
Agora o vento bate fortemente na direção contrária.
Mas assim é a vida! Não se pode fugir a ela! Portanto, não tome as coisas pelo lado pessoal!
Quando as coisas ruins surgirem em meio às bonanças da vida, pare, sente-se, fique calmo e se aquiete! Procure lembrar-se de algumas verdades preciosas a respeito de si mesmo, e ore, falando com Deus sobre a situação.
As Escrituras nos ensinam que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que realmente amam a Deus. Essa experiência adversa pode muito bem ser apenas uma parte de um plano perfeito que Deus estabeleceu para você, antes mesmo da fundação do mundo. Portanto, acalme-se!
A realidade é que algumas vezes nós estamos sendo testados. em outras estamos simplesmente sendo chamados a nos render, sermos pacientes e humildes, e colocarmos os olhos naquele para quem não existem surpresas.

Vá em Frente




images927N413K

Quem se mantém longe da colmeia, com medo do ferrão das abelhas…
…não poderá desfrutar da doçura de seu mel.
Quem não coloca as mãos no roseiral, temendo ser ferido pelos espinhos…
…não poderá agradar alguém presenteando uma bela rosa.
Quem senta na grama, acovardado ante o desafio da montanha…
…não conhecerá a plenitude que se goza no cume.
Quem não acende o fogo, temendo queimar-se com as chamas…
…sentirá frio e não poderá usufruir dos benefícios da luz.
E quem não é capaz de dar e se doar…
…jamais gozará a felicidade de amar e ser amado.
Porque tudo que vale a pena…
…exige sacrifícios!

Fazendo Nossa Parte




images3M712UFK

Nos Alpes italianos havia um pequeno vilarejo que se dedicava ao cultivo de uvas para produção de vinho. Uma vez por ano, ocorria uma festa para comemorar o sucesso da colheita. A tradição exigia que, nessa festa, cada morador do vilarejo trouxesse uma garrafa do seu melhor vinho, para colocar dentro de um grande barril que ficava na praça central. Entretanto, um dos moradores pensou: ?Por que deverei levar uma garrafa do meu mais puro vinho? Levarei uma cheia de água, pois no meio de tanto vinho o meu não fará falta.?.
Assim pensou e assim fez. No auge dos acontecimentos, como era de costume, todos se reuniram na praça, cada um com sua caneca, para pegar uma porção daquele vinho, cuja fama se estendia além das fronteiras do país. Contudo, ao se abrir a torneira do barril, um silêncio profundo tomou conta da multidão. Do barril saiu apenas água.
Como isso aconteceu? Ocorre que todos pensaram como aquele morador: ?A ausência da minha parte não fará falta.? Somos muitas vezes conduzidos a pensar: ?Tantas pessoas existem no mundo que, se não fizer minha parte, não terá importância.? O que aconteceria com o mundo se todos pensassem assim?

Cobrança Constante




images

O mundo em que vivemos é uma máquina complexa, cheia de energias e de mistérios. Estas energias que nos envolvem criam parâmetros que nos confundem. Somos cobrados diariamente sobre atos e atitudes.
Com isto, criamos dentro de nós uma cobrança constante, dividida entre o certo e o errado, entre o certo e o duvidoso, entre o que é bom e o que é ruim.
Tanta cobrança interna muitas vezes gera um estresse desnecessário.
Para aliviar as suas dores mentais, não seja tão exigente com você. Deixe que a vida lhe sorria e que lhe dê a energia necessária para construir aquilo que você mais quer: ser feliz.
A cobrança em demasia rouba-nos tempo precioso e desestabiliza nossa harmonia interna.

Jardim da Vida




imagesBKZWRHAQ

Uma criança brincava no parque com sua mãe, quando avistou próximo dali um lindo jardim. Flores coloridas, brancas, vermelhas, rosas e amarelas a convidavam a brincar.
A criança, sem pensar, olhou para aquelas belas flores e saiu correndo pelo parque em busca do jardim. Só que, no caminho, tropeçou em uma pedra e caiu, e ao cair chorou, e ao chorar teve socorro.
Um senhor que estava ali, vendo a criança em desespero, aproximou-se e sentou-se carinhosamente ao seu lado.
- Você está bem?- disse o homem.
- Eu caí quando tentava chegar ao jardim. Caí e estou triste, acho que vou desistir de ir para lá. – disse a criança chorando.
O homem olhou penalizado e com doçura disse:
- Meu bem, um dia, há muito tempo, eu também caí ao buscar o jardim. Caí, e não mais me levantei, eu desisti. Desisti do motivo maior que me impulsionava. A chama que havia em meu peito gritava: “Vá, acredite!”
Mas eu não fui. Caí e desisti. Abandonei o que minha alma tanto buscava. Sofri e aprendi. Ouça: Ali na frente, você vê um jardim. Você sente que é lá que você prefere estar. Uma voz dentro de você diz: “Seja, vá, acredite!” Mas, lembre-se filho, sempre haverá pedras em seu caminho.
A criança, mais calma, olhou para o homem e perguntou:
- Porque as pedras? O caminho não poderia estar livre?
O homem olhou nos olhos da criança, um olhar tão sincero e sereno que a criança sentiu-se amparada e protegida, então o homem falou:
- Todos podem chegar ao jardim… Todos. Mas as flores são sensíveis e delicadas. Por isso precisam ser protegidas de pessoas despreparadas que poderiam destruí-las.
A natureza colocou pedras no caminho para permitir que só aqueles que tiverem a sensibilidade de entender que as pedras não foram feitas para impedir a chegada, mas para serem contornadas, cheguem até lá!
A criança enxugou as lágrimas, levantou-se e continuou em busca do jardim.

Formigas




imagesJ52HVLWN
Observando algumas formigas no jardim, percebi que todas seguiam uma mesma rota carregando folhas maiores que elas mesmas, mas, seguiam firme em direção ao formigueiro, que descobri, estar poucos passos adiante, o que para elas deveria representar uma grande viagem.
De repente percebo que uma delas está com uma folha exageradamente grande nas costas, deveria ser pelo menos vinte vezes maior que ela, e seu esforço era notado a distância.
Fiquei ali imaginando o orgulho dessa formiga presunçosa, carregando aquela folha gigantesca e como ela deveria estar ansiosa em mostrar a formiga rainha como ela era forte, como ela era capaz, quem sabe até ganharia uma promoção?
Enquanto a fila de formigas seguia em direção ao formigueiro, essa formiga girava em volta de si mesma, sem conseguir sair do lugar, seu esforço era tão grande que mal avançava um passo, voltava dois para trás, estava tão cega, tão entretida na sua luta de carregar aquele mundão nas costas que nem percebeu que todas as formigas largaram as folhas para escapar do pé de um menino que vinha correndo atrás de uma bola.
As formigas escaparam por pouco, mas a formiguinha não teve a mesma sorte, morreu esmagada, agarrada a sua folha gigante.
Assim como a formiga, nós seres humanos inteligentes e sensíveis, vez em quando queremos carregar mais coisas em nossas costas que podemos suportar, os problemas dos outros, as dores do mundo e a ganância de querer sempre mais, de ser mais e melhor e quando acordamos para a realidade estamos esmagados pelo peso de nossa insensatez.
Cuide mais de você, o dia passa, as pessoas passam, o tempo passa, mas você fica, você será a sua eterna companhia, todos podem até fugir de você, mas você não pode fugir desse encontro com você mesmo, com a sua paz interior, com a sua felicidade.
Carregue apenas a sua mala, e de preferência, o mais vazia possível!

A Mula




imagesZD57ZRDI

Uma mula, sempre folgada, por não trabalhar e ainda assim ganhar generosas quantidades de milho como ração, vivia orgulhosa dentro do curral. Era toda vaidosa, e comportava-se como se fosse o mais importante animal do grupo. E confiante, falava consigo mesma:
Meu pai com certeza foi um grande e Belo Raça Pura. Fico orgulhosa por ter herdado todo seu espírito, graciosidade, resistência e beleza.
Pouco tempo depois, ao ser levada a uma longa marcha, como um simples animal de carga, cansada de tanto caminhar, exclama desconsolada:
Talvez tenha cometido um erro de avaliação. Meu pai, pode Ter sido apenas um simples Burro de carga.
Moral da História: Ao desejar ser aquilo que não somos, estamos plantando dentro de nós a semente da frustração.

Se Tiver Um Limão, Faça Uma Limonada!






untitled

Suponha que você se encontre tão desanimado que não tenha mais esperança de transformar seus limões em limonadas. Nesse caso, ainda há duas razões pelas quais você deve, pelo menos, tentar…
A primeira: pode ser que você tenha êxito.
A segunda: mesmo que não tenha êxito, a simples tentativa de transformar o seu mínimo em máximo fará com que você olhe para frente, em vez de olhar para trás. Fará com que você substitua seus pensamentos negativos por pensamentos positivos. Despertará as suas energias criadoras, fazendo com que você fique ocupado, que não tenha tempo nem vontade de lamentar o que já ficou para trás, o que já passou para sempre.
Certa ocasião, um violinista de fama mundial estava se apresentando num concerto em Paris, quando uma das cordas de seu violino subitamente se partiu. Ele não se perturbou e terminou a melodia com apenas três cordas.
Assim é a vida: se uma corda se parte, continue apenas com as três restantes…
Lembre-se sempre: a coisa mais importante da vida não é capitalizar sobre os nossos ganhos. Qualquer um pode fazer isso. O que é realmente importante é tirar proveito das nossas perdas.
Isso requer inteligência e constitui a diferença entre um homem sensato e um tolo.

Flor Amarela




untitled

Um dia observando um terreno baldio, fiquei comovido ao identificar em meio a várias ervas daninhas um linda flor de cor amarela.
Não era difícil percebê-la, sua cor e forma contrastavam enormemente com as ervas de coloração verde que a rodeavam.
Durante alguns minutos essa súbita observação suscitou em mim uma série de reflexões: pensei no quanto estamos em um mundo difícil de se viver e no quanto é importante a gente não se deixar sufocar pelos problemas.
Conclui que por mais que o mundo esteja cheio de ervas daninhas, nós não temos que nos tornar uma delas. Não importa qual sejam as dificuldades haverão sempre flores amarelas…
Quando deixamos de percebê-las é porque a pretensão de achar que sabemos tudo nos tapa os olhos.
Nisso, perdemos um pouco da nossa identidade e passamos a achar o nosso lugar ruim de viver. Invejamos o jardim do vizinho.
Achamos que seríamos mais felizes com uma outra casa, carro, emprego… Vã ilusão! Poucos são os jardins onde não existem ervas daninhas.
O que torna uns mais belos que os outros é tão somente a maneira como os observamos e a capacidade que temos, ou não, de identificar as flores em meio às ervas daninhas.